ROTA FRESH
Fotiá: o melhor caminho para conhecer a Grécia sem sair de São Paulo
  • Share :
STORY

O FOGO DA COZINHA GREGA SURGE COM FORÇA NO FOTIÁ

O restaurante da chef Mariana Fonseca traduz o que ela mais admira na culinária da Grécia

“Quando sai de casa, você está em busca do lúdico. Meu cliente sai da casa dele para comer e quer uma experiência feliz”, define a chef Mariana Fonseca enquanto nos apresenta o restaurante Fotiá sempre com um sorriso no rosto. O nome do restaurante significa fogo em grego e isso diz muito sobre a experiência que o cliente vai encontrar ali. O tom da casa é o preparo dos pratos em uma grande grelha, respeitando bastante o modo de cozinhar dos gregos. “Essa é a minha experiência grega mais real. Se uma pessoa que nunca foi à Grécia e quiser saber como é, eu iria pegá-la pela mão e trazer ao Fotiá”, resume a chef.

O nome dela já ecoa por São Paulo há algum tempo quando se trata de gastronomia grega. Ao todo, a chef comanda seis restaurantes na cidade: Myk, três unidades do Kouzina, Fotiá e o recém inaugurado Vulcano – que traz a culinária italiana, mas com forte influência da Grécia.

O fogo da Grécia em São Paulo

A chef se define como uma leoa: luta muito pelo que quer e defende os seus. E essa faceta aflorou ainda com mais força quando abriu as portas do Fotiá, que veio em um momento de grande transformação em sua vida.

“Abri a casa em um momento muito especial, que foi a chegada do meu filho. Sempre cozinhei bem, mas sinto que com a maternidade estou cozinhando melhor”. 

Para ela, a casa representa a maturidade e o equilíbrio no preparo dos pratos, além da realização de poder fazer isso trabalhando com o fogo e o carvão para o cozimento, no mesmo estilo que vivenciou quando morou na Grécia. “Eu já tinha a intenção de colocar a grelha no Myk, mas isso poderia gerar um impasse com os vizinhos. O Kouzina é uma grande paixão, mas é uma comida mais simples, comida de avó. O Fotiá traduz exatamente o que eu admiro na culinária grega”, comenta.

Veja também:
A raiz do Brasil brilha no Mandioca Cozinha, de Madu Melo
A festa da Dona Onça
Confira 7 dicas de bares criativos e badalados no centro de São Paulo

 

O contato com a cozinha e o amor pela Grécia

Filha de médicos cirurgiões, a chef optou por trilhar um caminho completamente diferente de seus pais e se apaixonou pela gastronomia ainda aos 18 anos. De lá para cá, são 20 anos de experiência, sendo cinco deles vividos na Grécia – país pelo qual ela revela um amor profundo. “Sempre falo que sou brasileira de coração grego. Fui me encantando pelo país ano após ano. Me apaixonei pelo estilo de vida, pelo modo de cozinhar dos gregos. Acordava às 5h da manhã para pescar o peixe que eu fazia”.

De volta às terras brasileiras, ela comenta que ainda mantém um elo forte com a Grécia e visita o país constantemente. Por aqui, ela dá continuidade a esse amor com muito trabalho duro. “Acordo às 6h da manhã todos os dias e estou sempre ligada na tomada. Trabalho 24 horas por dia e me divirto trabalhando”.

A relação com a casa e com os funcionários revela muito de sua personalidade batalhadora. A chef se define como uma pessoa geniosa, que cobra bastante, mas que também sempre defende sua equipe. Ficou com água na boca? Assista o vídeo acima e peça as sugestões da chef quando for ao restaurante!

Fotiá
Rua Padre João Manuel, 964 – bairro Cerqueira César, São Paulo
Funcionamento: terça a quinta, 12h-23h; sexta e sábado, 12h-0h; domingo 12h-18h. 
Telefone: (11) 2638-6174

Please follow and like us:
Facebook
Instagram
YouTube