ROTA FRESH
Mira: o cartão postal de São Paulo comandado por mulheres
  • Share :
STORY

Cartão postal de São Paulo, o Mirante 9 de julho faz parte da história paulistana desde 1938. O espaço era composto pela elite paulistana, onde se reuniam para conversar e olhar a vista. No entanto, o observatório ficou abandonado por 76 anos, aguardando ser (re)encontrado por pessoas que desejam ocupar a cidade.

Foi no ano passado que as sócias Dulce Santos e Roberta Youssef deram nova identidade ao espaço. Ao lado de outras mulheres, como a artista gráfica Mari Duarte, a artista visual Di Monique, a jornalista Flora Miguel e a produtora Julieta Regazzoni, o Mirante 9 de julho tornou-se Mira, um local aberto que una cultura, diversidade, troca e pertencimento. Para completar a equipe, Denis Nunes é responsável pela conservação patrimonial de maneira orgânico e com foco na reutilização de materiais para a construção de um mirante sustentável.

Em um ambiente cheio de cores e energia, o Mira está de braços abertos para eventos de música, arte, cinema, gastronomia, moda, sustentabilidade e saúde. “O nome é sobre mirar, que enxergam muito mais do que o óbvio, é sobre o poder feminino no comando, que mira no melhor”, explica Bruna Faraone, gerente geral.

Veja também:
Ferra Jockey: a cozinha que mistura brasilidade com técnicas clássicas
Jamile: onde você realmente conhece a cozinha de Henrique Fogaça
Kith 2º Andar: a pausa do rush no coração de Pinheiros

O que comer?

A casa não conta com um chef, mas cozinheiros que contribuem para criação de pratos descomplicados, saudáveis e saborosos para todos os gostos. Para os dias quentes, a Salada ganha destaque! Com folhas verdes, cenoura e uvas passas verdes, o prato é refrescante e saboroso. O Arroz com Porco, Milho, Tomate, Cebolinha, Agrião e Ovo Caipira (R$ 28) também merece atenção. Sanduíches e sobremesas também são servidos.

O que beber?

A casa oferece cervejas, sucos e refrigerantes. No entanto, são os drinques que ganham destaque! O Ace Limoned é uma das bebidas mais pedidas. Exclusivo da casa, o Ace é preparado com licor que o próprio restaurante criou, feito com limão, capim santo, gengibre e açúcar queimado. É possível encontrar Gin Tônica (R$ 28) e Caipirinha da estação, de cachaça (R$ 25).

Curiosidades da casa

Desde o seu surgimento, o Mira recebe público de todas as idades e gostos. Os estrangeiros também marcam presença, afinal, 9 de Julho é um dos pontos turísticos da capital.

A casa abre as 10h para o café da manhã e fecha às 22h, por conta da Lei do Silêncio. No entanto, tem tempo de sobra para aproveitar o espaço que foi criado para diversidade.

Please follow and like us:
Facebook
Instagram
YouTube