ROTA FRESH
Vino: Dê a volta ao mundo em uma taça de vinho
  • Share :
STORY

Quando você pensa em abrir uma garrafa de vinho, o que te vem à mente? Um jantar romântico a dois? Um evento cheio de pompa? A celebração de algo muito importante? Esqueça a pompa! Vinho também é descontração, boas risadas entre amigos. E é justamente para descomplicar a experiência de beber vinho e te levar para conhecer sabores de várias partes do mundo que hoje o Rota Refresh te traz para o Vino  wine bar que vem fazendo um grande sucesso em São Paulo e Curitiba.

Quem está por trás da marca é o empresário curitibano Raphael Zanette, no ramo do vinho há quase vinte anos. A experiência com a bebida trouxe um grande diferencial para a casa: o olhar experiente para fazer uma seleção criteriosa de rótulos e uma abordagem que agrada tanto os grandes apreciadores de vinho quanto aqueles que não entendem nada sobre a bebida, mas estão dispostos a conhecer mais sobre esse universo.

“A gente começou em Curitiba já há alguns anos e fomos expandindo. A ideia é descomplicar o vinho, fazer dele algo mais casual, mais simples, mais fácil. Dar oportunidade para as pessoas provarem vários vinhos, mas sem aquela chatice, aquela pompa de anos atrás”, explica.

E a democratização começa pelos valores na carta. Por lá, os clientes encontrarão taças a partir de R$ 15 e garrafas a partir de R$ 74. São rótulos variados de mais de 13 países, sempre com foco em pequenos produtores familiares.

Veja também: 
Pinheiros: conheça seis novas casas para comer e fazer happy hour
Rendez Vous: comida francesa com a fartura que o brasileiro gosta
Guilhotina: perca a cabeça no 15º melhor bar do mundo

O que beber e comer?

Para viver uma experiência mais completa no Wine Bar, o ideal é fazer as harmonizações. O cardápio da casa tem poucas opções de pratos principais e uma variedade maior de pequenos pratos. “Você chega e pede um espumante ou vinho branco para começar. Para acompanhar pode pedir um steak tartare ou um ceviche como entradas. Depois de ter comido algo frio, você sente vontade de comer um prato quente. Pode pedir um nhoque de ragu de costela acompanhado de um vinho tinto mais encorpado”, exemplifica Zanette.

Dá certo misturar tipos de vinhos?

Para quem fica sempre indeciso nessa polêmica, Zanette acaba com a dúvida: está liberado misturar os tipos de vinho na mesma noite! “Você começa com um espumante, se refresca, desperta as papilas e depois toma um vinho tinto mais encorpado. Sua experiência vai ficar melhor”.

Aos que não têm costume de tomar vinhos com frequência, a dica de ouro dele é sempre começar pelos mais leves, macios e suaves no paladar. Depois gradualmente ir evoluindo para os vinhos mais encorpados, ácidos e com taninos mais fortes.

Rótulos que contam histórias

Muito mais do que apresentar aos clientes vinhos desta ou daquela uva, Zanette tenta levar a eles a experiência de conhecer um pouco mais sobre determinada região através do sabor do vinho. Aliás, é daí que vem a sua paixão pela produção artesanal, como ele mesmo diz.

“Gosto dos grandes produtores, mas não é minha preferência. Minha preferência é pelos artesanais, pelos pequenos, por vinhos pensados em retratar aquela região, aquela história, o que eles pensam sobre vinhos. São vinhos mais autênticos, mais apaixonantes mesmo”, destaca.

Seguindo essa mesma lógica, quando estiver no Vino, vale a pena experimentar um vinho de corte – feito com a mistura de mais de um tipo de uva. “Essa é uma tradição européia muito antiga, eles são mais propensos a fazer esses cortes de uva do que produzir vinhos monovarietais (feitos com apenas um tipo de uva). Para eles, não importa muito a uva que está ali, eles estão mais interessados em retratar a história daquele lugar, do vinhedo, daquela região”, explica.

Viagens inusitadas pela taça

Vinhos produzidos tanto no Brasil quanto em países vizinhos já são esperados, mas espere também surpreender-se com rótulos inusitados de países como Áustria, Eslovênia, África do Sul e Nova Zelândia.

Marque o date com seu crush, chame o pessoal do escritório para o happy hour ou coloque sua roupa mais confortável e saia de casa! Vá descobrir que o vinho não precisa ser nada complicado.

Deixe aqui nos comentários os rótulos que experimentou e a sua dica para a gente!

Serviço

Vino – Pinheiros
Rua Fradique Coutinho, 47, Pinheiros
Telefone (11) 2614-0145
Funcionamento: segunda à sábado, das 17h à 1h.

Vino –  Hotel Maksoud
Rua São Carlos do Pinhal, 424, loja 02 – Bela Vista
Telefone (11) 3508-6619
Funcionamento: segunda à quinta, das 12h às 23h; sexta e sábado, das 12h à 0h.

Please follow and like us:
Facebook
Instagram
YouTube