Como viajar sozinho na Itália
  • 31
  • 10

Viajar sozinho exige coragem e um certo desejo de aventura. Pensando em encorajar nossos leitores, convidamos a brasileira Mônica Zardo, natural do Rio Grande do Sul e hoje europeia de residência, para compartilhar sua experiência de anos viajando sozinha pelo mundo.  Com dicas super úteis, ela vai mostrar como se aventurar pela Europa pode ser bem mais fácil do que a maioria imagina. Nosso primeiro destino é a bela Itália.

 

Para quem está disposto a se aventurar sozinho na Itália, ou nas principais destinações europeias, existem vários recursos online que possibilitam comprar passagens de trem, ônibus e chegar nas destinações desejadas utilizando navegadores no celular, entre outros.

Usar um navegador como o Google Maps por exemplo, que mostra o destino e maneiras de chegar (carro, transporte coletivo ou a pé), é super simples. Uso o Google Maps, inclusive, para me mover dentro da cidade onde vivo. É muito útil.

 

Em termos de transporte coletivo, o meio mais utilizado na Europa é o trem. Na Itália existem duas empresas ferroviárias: Trenitalia e Italo. A Trenitalia é a maior e mais antiga e possui trens que servem toda a Itália com vários horários disponíveis, principalmente para as destinações mais procuradas. A Italo oferece trens somente para algumas destinações e opera com trens de alta velocidade e poucas paradas ao longo do trajeto. Ambas possibilitam comprar os bilhetes através de seus sites ou direto nas estações de trem em que operam. Além disso, as duas empresas oferecem aplicativos para consulta de trechos e horários, além de possibilitar a compra de passagens com cartão de crédito e Paypal (para saber como abrir uma conta Paypal, clique aqui).

Se você comprar as passagens com bastante antecedência, conseguirá descontos e ótimos preços. Além dos trens, existem empresas de ônibus low cost com passagens acessíveis. A mais conhecida delas é a Flixbux, que opera em vários países da Europa e com destinações dentro da Itália.  Antes de decidir qual meio de transporte usar, vale a pena conferir os preços. Vale reforçar que de ônibus a viagem será mais longa e, também, mais confortável. Em trechos mais longos dá para viajar à noite. Outro recurso interessante para comparar preços e opções é o GoEuroque mostra os horários disponíveis e um comparativo de preços. Todas as empresas citadas, além de disponibilizar os sites em vários idiomas, também possuem aplicativos que podem ser baixados no GooglePlay.

 

 

Para quem nunca se aventurou sem o auxílio de uma agência de viagem ou um roteiro pré-fixado com guias acompanhando, mas tem vontade de fazer uma viagem sozinho e consegue “se virar” falando algumas palavras de inglês ou espanhol, a experiência vale a pena. Por mais assustador que possa parecer, lembre-se que “não tem como se perder para sempre numa cidade ou local”. Na pior das hipóteses, basta pegar um táxi, pedir ajuda ou mesmo procurar um policial ou central de informações. No geral, as pessoas têm boa vontade e procuram dar informações corretas.

 

De acordo com minha experiência pessoal, e viajo sozinha há muitos anos, o importante é relaxar e curtir o famoso “dolce far niente” sem stress, sem a pressa e correria dos roteiros pré-fixados, e sentir o prazer de conseguir “se virar” em outro continente. Obviamente, estando sempre atento e procurando fazer as coisas com um mínimo de segurança para não passar por percalços. Garanto que é uma sensação muito boa!

Boa aventura e boa viagem!

Todas as fotos desta publicação foram retiradas do @italiait

 

Comentários (0)

Deixe um comentário

Você tem algo a acrescentar sobre este tema? Comente sobre!.
More News
  • 16 jan 2018
  • 0
Quando uma cidade como São Paulo comemora aniversário, a data não pode simplesmente passar em branco. A capital financeira do país completa 464 anos no...
  • 11 ago 2016
  • 0
Nosso primeiro amanhecer em Paris foi o do meu aniversário. Para essa viagem, eu queria conhecer a cidade pelos olhos dos meus diretores, autores e...
  • 15 ago 2017
  • 2
CASA NA AV. PAULISTA VAI SERVIR BRASILIDADES EM AMBIENTE DEMOCRÁTICO    Ainda em construção, o prédio do Instituto Moreira Salles na Avenida Paulista é uma...